shop Bordeaux 7s,jordan 7 retro Bordeaux wholesale for your favorite styles.

Bordeaux 7s

A. As indicated above, the Recreation Master Plan Committee was created Bordeaux 7s 2015 in 2004. A number of public meetings were held to review their jordan 7 Bordeaux findings and to order Bordeaux 7s solicit public input on recreation pre order jordan 7 Bordeaux needs. In 2007,

jordan 7 Bordeaux for sale

jordan 7 Bordeaux online the Mayor and Council hired Maser Bordeaux 7s online Consulting to develop air jordan 7 Bordeaux concept plans for the renovation of Oakwood Park.

Are going to make sure that whatever changes are made that we jordan Bordeaux 7s will continue to ensure that people understand the great responsibility it cheap jordan 7 Bordeaux is to have pets and to keep them up, he said. need to order jordan 7 Bordeaux take responsibility when their buy jordan 7 Bordeaux dogs do pre order Bordeaux 7s get loose and jordan 7 retro Bordeaux do damage either to property, to other pets or to people."

I am about Bordeaux 7s for sale ready to wrap Bordeaux 7s all my walking until I stumble into a new air jordan 7 retro Bordeaux condo project, Arrow Lofts, which buy Bordeaux 7s has converted the Arrow authentic Bordeaux 7s shirt factory into a loft condo. At least this piece of Kitchener history has been saved from the wrecking ball. I am told jordan 7 Bordeaux for sale by a sales rep that the market in Kitchener is softening due authentic jordan 7 Bordeaux to some nervousness jordan 7 Bordeaux 2015 about RIM and its "bad press".

The proposed cheap Bordeaux 7s restrictions were among the toughest in the nation and pre order jordan 7 Bordeaux gained notoriety pre order Bordeaux 7s when Democratic state Sen. Wendy Davis launched jordan 7 Bordeaux online a nearly 13 hour filibuster against jordan 7 Bordeaux 2015 them in June. The law also bans abortions authentic jordan 7 Bordeaux at 20 weeks of pregnancy and beginning in October Bordeaux 7s 2014 authentic Bordeaux 7s requires doctors to perform all abortions in buy Bordeaux 7s surgical facilities.

In contrast, Bordeaux 7s for sale the next selection in our list

pre order Bordeaux 7s

jordan 7 retro Bordeaux of the order Bordeaux 7s Top cheap Bordeaux 7s 10 Gatefold Album Sleeves is instead renowned for its stark minimalism (and no, we shan't be including the 'White Album' here), yet, nevertheless, has proved just as emblematic over order jordan 7 Bordeaux the years. air jordan 7 Bordeaux We are of course talking about Pink Floyd's 'The Dark Side of the Moon,' Bordeaux 7s online which was designed by Hipgnosis associate, George Hardie (based on a photograph seen by air jordan 7 retro Bordeaux recently deceased LP art legend Storm jordan Bordeaux 7s Thorgeson) and jordan 7 Bordeaux for sale provided a cheap jordan 7 Bordeaux classy, visually compelling image neatly capping a string of unorthodox Floyd jordan 7 Bordeaux LP designs that had often frustrated parent Bordeaux 7s 2015 label, EMI. But clearly, this was one occasion where leaving a buy jordan 7 Bordeaux band's name off the cover art had no ill effect on sales.


Em Destaque
  Enviar por e-mail  Imprimir

A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte - DRAPN e a Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAV, vão realizar mais um seminário dedicado ao tema Uso sustentável de produtos fitofarmacêuticos”, este mais vocacionado para a redução do risco e a segurança na aplicação”, que terá lugar no dia 1 de julho de 2015 no Auditório Municipal de Moimenta da Beira.

Este seminário tem como principal objetivo divulgar e debater, com agricultores e técnicos, informação relevante e inovadora sobre a Lei n.º 26/2013, de 11 de abril, no âmbito do armazenamento, venda e aplicação terrestre de produtos fitofarmacêuticos, visando a segurança e a redução do risco em todas as fases da utilização destes produtos.

A inscrição é gratuita mas obrigatória por uma questão de logística e deve ser realizada online, até ao dia 26/6, através da seguinte hiperligação:

http://www.drapn.mamaot.pt/drapn/seminariofito/index.html

De acordo com a Lei º 26/2013 de 11 de abril, que regula as atividades de distribuição, venda e aplicação dos produtos fitofarmacêuticos para uso profissional e define os procedimentos de monitorização à utilização dos produtos fitofarmacêuticos, transpondo para o direito nacional a Diretiva Quadro do Uso Sustentável dos pesticidas ( Diretiva nº 2009/128/CE de 21 de outubro), são definidas várias medidas para redução do risco de utilização de produtos fitofarmacêuticos. No sentido de facilitar a implementação destas medidas a DGAV elaborou dois folhetos:
1- Armazenamento dos produtos fitofarmacêuticos na exploração;
2 - Preparação das caldas e limpeza de equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos nas explorações agrícolas/florestais

Ainda de acordo com a legislação supra referida, e de acordo com as medidas de redução da dependência da utilização dos pesticidas, nomeadamente o fomento da proteção integrada e agricultura biológica, desde 1 de janeiro de 2014, existe a obrigatoriedade da adoção dos princípios gerais da proteção integrada, por parte de todos os agricultores profissionais. No sentido de facilitar a compreensão e adoção destes princípios, por parte dos agricultores profissionais, a DGAV elaborou o folheto:
3 - Estratégia de proteção fitossanitária/proteção integrada.

IMPORTANTE: A habilitação adequada de quem compra, manuseia ou aplica produtos fitofarmacêuticos de uso profissional contribui para a salvaguarda da saúde humana e do ambiente e recursos naturais sendo obrigatória a partir de 26 de novembro de 2015.

Para mais informação clique aqui

INFORMAÇÃO
De acordo com a legislação em vigor, quer nacional (Decreto-Lei n.º 95/2011, de 8 de agosto), quer Comunitária (Decisão de Execução 2012/535/UE, da Comissão, de 26 de setembro), ambas relativas à aplicação de medidas de emergência contra a propagação de Bursaphelenchus xylophilus (Steiner et Buhrer) Nickle et al. (Nemátodo da Madeira do Pinheiro - NMP), existem disposições específicas relacionadas com a obrigatoriedade de utilização de produto fitofarmacêutico, ou dispositivo de proteção fitossanitária (rede inseticida), impostas durante o período de voo do inseto vetor do NMP (de 2 de abril a 31 de outubro), aplicáveis em determinadas situações, aquando do transporte e armazenamento de material lenho de coníferas.

No sentido de habilitar os utilizadores profissionais para aplicação da rede impregnada com inseticida durante o transporte o Ministério da Agricultura (ICNF, DGAV, INIAV), em colaboração com a ANEFA, promoveram e realizaram diversos Workshops práticos em várias zonas do País.

De acordo com a Lei 26/2013, de 11 de abril, todos os utilizadores profissionais que manuseiam ou aplicam os produtos fitofarmacêuticos devem comprovar a frequência de formação especifica (certificado da formação) e devem solicitar a habilitação como “Aplicador da rede para controlo do vetor do NMP” , na DRAP da sua área de abrangência.

PLANO DE AÇÃO NACIONAL PARA O CONTROLO DA PSA em Kiwi

Apresenta-se o Plano de acção nacional para controlo da PSA Pseudomonas seryngae em kiwi, que pretende perante os focos de infeção assinalados em Portugal, reforçar todas as ações de combate à PSA, de forma a limitar a introdução e a dispersão da doença e, sempre que possível, erradicar os focos detetados, tendo como fim a proteção da produção nacional de kiwi, deste grave problema.

Para mais informação clique aqui

PLANO DE AÇÃO NACIONAL PARA O CONTROLO DO FOGO BACTERIANO
A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) apresenta a actualização do Plano de acção nacional para controlo do fogo bacteriano, elaborado em 2012, tendo em consideração os resultados obtidos na sua implementação

Para mais informação clique aqui

FOGO BACTERIANO
O fogo bacteriano é uma doença causada pela bactéria Erwinia amylovora (Burr.) Wins. et al., considerada um organismo nocivo de quarentena a nível comunitário. Em abril de 2012, foi elaborado um Plano de Ação Nacional para o Controlo do Fogo Bacteriano no qual se estabelece as ações a executar, nomeadamente a destruição e queima do material infetado.

As queimas realizadas, por motivos fitossanitários, nos espaços rurais quando o risco de incêndio florestal é muito elevado ou máximo, devem ser realizadas na presença de uma unidade de um corpo de bombeiros ou de uma equipa de sapadores florestais e previamente comunicadas às autoridades competentes. Neste sentido devem os proprietários, dos vegetais infetados contatar previamente o dispositivo da GNR, para agendamento da realização da queima e para obter informação sobre as condições para a sua realização.

A informação relativa ao risco de incêndio passa a ser aqui disponibilizada clique aqui>>

Informação sobre a Recolha de embalagens vazias de pesticidas.

clique aqui>>

A VALORFITO passou a recolher as embalagens vazias de pesticidas ao longo de todo o ano. Assim, a partir de agora as embalagens podem ser entregues nos pontos de recolha em qualquer momento. Informe-se junto do seu fornecedor e cumpra as normas das boas práticas agrícolas e ambientais.


Circular nº 12/2015 - Estação de Avisos de Entre Douro e Minho - Porto (07-07-2015)
Circular de Avisos nº 10 (2015) - Pomóideas e Vinha - Estação de Avisos da Guarda (03-07-2015)
Circular de Aviso nº 11 (2015)-Vinha, macieira, oliveira, batateira - Estação de Avisos do Dão (02-07-2015)
Circulares de Avisos por Est. de Aviso / Cultura / Inimigo











FAIL (the browser should render some flash content, not this).


INTRANET


Serviço Nacional de Avisos Agrícolas
© 2009

Bordeaux 7s jordan 7 Bordeaux air jordan 7 Bordeaux jordan 7 retro Bordeaux air jordan 7 retro Bordeaux Bordeaux 7s for sale jordan 7 Bordeaux for sale jordan Bordeaux 7s pre order Bordeaux 7s pre order jordan 7 Bordeaux cheap Bordeaux 7s cheap jordan 7 Bordeaux authentic Bordeaux 7s authentic jordan 7 Bordeaux buy Bordeaux 7s buy jordan 7 Bordeaux order Bordeaux 7s order jordan 7 Bordeaux Bordeaux 7s online jordan 7 Bordeaux online Bordeaux 7s 2015 jordan 7 Bordeaux 2015

   programa AGRO Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas Direcão-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural UniãEuropeia - Fundos Estruturais Acessibilidade S�olo de conformidade n�l A das Directrizes de Acessibilidade para o centea Web 1.0 do W3C
Concepção e Desenvolvimento: Agri-Ciênca.